Cinema Político

Com o retorno das atividades na Universidade, retomamos o Cinema Político. A atividade é realizada todas as quintas, na sala A1-04, na FA.

Abaixo, segue o cronograma atualizado deste semestre. Contamos com a presença de todas e todos!

13/09 – Inimigos da Razão (“Enemies of Reason”, Alan Clements, Reino Unido, 2007, 96’).

O cientista britânico Richard Dawkins não se deu por satisfeito em vender mais de um milhão de exemplares de um livro contra a crença em seres divinos. Ele agora aponta sua artilharia contra o que considera superstições e pseudociência: da astrologia à mediunidade, da homeopatia ao tarô. Este documentário é o novo ataque do conceituado biólogo da Universidade de Oxford; apresentado em dois episódios: “Os escravos da superstição” e “O serviço irracional de saúde”.

20/09 – Dúvida (“Doubt”, John Patrick Shanley, EUA, 2008, 104’).

1964. O carismático padre Flynn (Philip Seymour Hoffman) tenta acabar com os rígidos costumes da escola St. Nicholas, localizada no Bronx. A diretora do local é a irmã Aloysius Beauvier (Meryl Streep), que acredita no poder do medo e da disciplina. A escola aceitou recentemente seu primeiro aluno negro, Donald Miller (Joseph Foster), devido às mudanças políticas da época. Um dia a irmã James (Amy Adams) conta à diretora suas suspeitas sobre o padre Flynn, de que esteja dando atenção demais a Donald. É o suficiente para que a irmã Aloysius inicie uma cruzada moral contra o padre, tentando a qualquer custo expulsá-lo da escola.

27/09 – Semana da Dinamarca

Filme: O Pequeno Soldado (“Lille Soldat”, Annette K. Olesen, 2008)

Após abandonar o exército, a soldado Lotte volta para sua cidade na Dinamarca e se entrega à bebida. Sem conseguir emprego, aceita a oferta de seu pai de trabalhar como motorista para uma das prostitutas que ele agencia, Lily, que é também sua amante. Embora a princípio desconfiadas uma em relação à outra, as duas mulheres embarcam numa estranha rotina e logo passam a se conhecer melhor. Lotte descobre que Lily se prostitui para sustentar a filha na Nigéria, que não vê há cinco anos, e decide tentar libertá-la. O que ela não sabe, no entanto, é que Lily não deseja ser salva.

04/10 – O homem da Terra (“The Man from Earth”, Richard Schenkman, 2007, 89′)

“E se um homem do Alto Paleolítico tivesse vivido até os dias de hoje?“, pergunta John Oldman para um grupo de amigos, todos professores universitários. Obviamente, eles pensam que trata-se de um exercício de imaginação, ou o início do que seria um apanhado de idéias para escrever um romance de ficção científica. A questão é que quando John Oldman faz esta pergunta para os amigos durante uma festa de despedida, ele na realidade queria começar a explicar as razões pelas quais tinha que deixar a cidade depois de 10 anos vivendo lá. O motivo principal? John Oldman é este homem que nasceu no Alto Paleolítico e continua vivo, após 14.000 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: